CRIADO PARA A SUA EDIFICAÇÃO

Sejam bem vindos! Aqui a verdade é exposta sem maquiagem. A Bíblia é a autoridade para falar de Deus e da Sua relação com as suas criaturas.

"Os gentios, ouvindo isto, regozijavam-se e glorificavam a palavra do Senhor, e creram todos os que haviam sido destinados para a vida eterna" (Atos 13.48)

Confissão de Fé

Creio que a justificação e a salvação do homem têm como causa meritória a justiça de Cristo e o seu sacrifício perfeito. A salvação dos seres humanos caídos é pela graça de Deus somente, tem como instrumento somente a fé, tem como fim somente a glória de Deus, tendo como a única fonte da verdade e a única autoridade, em relação a esse assunto, somente as Escrituras, Antigo e Novo Testamentos, num total de 66 livros.

Creio que os “cinco Solas” são a verdade bíblica:

“Sola Scriptura”. Somente as Escrituras!
“Solus Christus”. Somente Cristo!
“Sola Gratia”. Somente a graça!
“Sola Fide”. Somente a fé!
“Soli Deo Gloria”. Somente a glória de Deus!

Creio que a salvação é, do começo ao fim, uma obra de Deus (monergismo) e que o homem nada pode fazer para cooperar com Deus para a sua própria salvação. Essa visão está claramente exposta nos chamados “cinco pontos do calvinismo”:

  • Depravação total – A queda de Adão afetou a totalidade da pessoa do homem.
  • Eleição incondicional – A eleição é baseada exclusivamente na vontade de Deus e não na presciência de fé ou obras.
  • Expiação limitada – A redenção foi obtida por Cristo para os eleitos.
  • Graça irresistível – A regeneração pelo Espírito Santo é eficaz para os eleitos.
  • Perseverança de Deus junto aos Santos – Deus vai, pela graça, completar o que Ele começou na regeneração.

Creio que a Bíblia toda, Antigo e Novo Testamentos, constitui uma unidade, que a pessoa de Jesus Cristo, Sua obra e Seu reino, constituem o tema central da Bíblia e que Jesus Cristo é o único meio de salvação em todos os tempos, tanto antes como depois da Sua primeira vinda, e, portanto, somente Ele salvou todos os eleitos em todas as eras.

Creio que a Bíblia toda tenha sido inspirada por Deus, sendo assim infalível, e que constitui a única autoridade no que se refere à genuína religião, e que Ele nos deu como diretriz com relação à fé e à conduta em todas as áreas da nossa vida.


Pesquisar este blog

Ao Senhor Pertence a Salvação!


A Salvação é Inteiramente do Senhor?

Don Fortner

Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto1

Todos nós dizemos crer na confissão de Jonas: “A salvação é do Senhor” (Jonas 2:9). Mas você não quer dizer realmente isso, quer? Sei que os pregadores que ouço na rádio e televisão não crêem que “a salvação é do Senhor”. Até onde eu sei, não há outro pregador na cidade onde vivo que realmente creia que “a salvação é do Senhor”. Se existir, gostaria de conhecê-lo.
Eles crêem que a salvação é parcialmente do Senhor, mas sem dúvida não inteiramente. E tenho certeza que se você crer que “a salvação é do Senhor”, não freqüentará uma igreja onde isso não é pregado. Talvez você esteja dizendo: “Eu creio que a salvação é inteiramente do Senhor”. Espero verdadeiramente que sim. Vejamos.
Dizer que a salvação é do Senhor é dizer que A SALVAÇÃO NÃO É DE FORMA ALGUMA DEPEDENTE OU DETERMINADA PELA OBRA, DIGNIDADE OU VONTADE DO HOMEM. A salvação não é obra do homem, nem é um esforço cooperativo entre Deus e o homem, Deus fazendo sua parte e o homem a dele. A salvação é obra de Deus somente. Ela é totalmente a obra de Sua graça. A obra e o mérito humano nem mesmo entram em questão. É tudo pela graça – não graça mais batismo – não graça mais membresia na igreja – não graça mais obras. A graça somente realiza a salvação. A graça mais algo cessa de ser graça. “Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais graça; de outra maneira a obra já não é obra” (Rm. 11:6). A obra do homem nunca pode merecer mérito. Nem é a vontade do homem aquilo que determina quem será salvo. Sua salvação não é dependente de sua vontade pecaminosa. É dependente da vontade soberana de Deus. Deus somente determina quem será salvo. Ele não consulta nem pede a opinião ao homem.
Você está sujeito à vontade de Deus. Deus não está sujeito à sua vontade. Ele diz: “Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericórdia e compaixão de quem eu quiser ter compaixão. Assim, isso não depende da vontade nem do esforço de alguém, mas de Deus mostrar misericórdia.” (Rm. 9:15-16; Bíblia Século 21).
Se Deus determinou te salvar pela graça inigualável em Cristo, você será salvo.
Ele lhe dará um novo coração, uma nova natureza, e uma nova vontade. Você virá com deleite a Cristo em verdadeira fé no dia do Seu poder gracioso e salvífico. Se Deus não tivesse determinado salvar você, se Ele não enviasse Seu Espírito para vivificar você, dar-lhe fé e trazer-lhe a Cristo, você nunca viria a Cristo, pois nunca desejaria Ele. Meu amigo, “a salvação é do Senhor”.
Ele pode ser gracioso com você, ou pode te ignorar. Ele pode salvar você, ou condená-lo. É Ele somente quem decide. Você não pode exigir nada de Deus; e você não O controla.
DEUS O PAI PLANEJOU NOSSA SALVAÇÃO. Em seu propósito e graça eterna, antes do mundo começar, Deus escolheu salvar um povo para a glória do Seu grande nome.  Ele determinou que enviaria Seu Filho para viver e morrer como o nosso Substituto, e que Ele aceitaria os méritos de Cristo Seu Filho como sendo nosso. Deus determinou quem Ele salvaria, como salvaria e quando salvaria, antes do mundo começar. Nossos nomes foram registrados na eternidade no livro da vida do Cordeiro. Todos os eleitos de Deus foram, num momento, escolhidos e predestinados para a vida eterna.
DEUS O FILHO COMPROU A NOSSA SALVAÇÃO. Para salvar os Seus eleitos do pecado, a lei de Deus, Sua verdade, justiça e retidão demandam sangue. A justiça deve ser satisfeita. O pecador deve morrer. Portanto, o Senhor Jesus Cristo veio como o Substituto e Representante dos eleitos de Deus. Mediante Seu grande sacrifício substitutivo, Ele satisfez as demandas estritas da santa lei de Deus por Seus eleitos. Pelo preço justo e leal do Seu sangue, Cristo nos redimiu da maldição da lei, e comprou legitimamente a salvação para o seu povo. Então, no tempo determinado, segundo o propósito de Deus, e porque Cristo nos redimiu, DEUS O ESPÍRITO SANTO REALIZA A SALVAÇÃO EM NÓS. Com Jonas, eu me regozijo em saber e declarar a você que “a salvação é do Senhor!”. Amém.

1 E-mail para contato: felipe@monergismo.com. Traduzido em junho/2008.




Comentários:

Postar um comentário

PARA VER MAIS POSTAGENS CLICK NA SETA À DIREITA, LOGO ACIMA.

Envio de artigos por e-mail

Agora os artigos, escritos no próprio blog, podem ser enviados por e-mail, é só clicar no artigo desejado, descer até o final do artigo, digitar o e-mail, abaixo dessa nota, e enviar. Abençoe seus amigos divulgando-lhes artigos que os ajudarão a compreenderem as Escrituras.

Envie artigos por e-mail, em PDF

Enviar artigo em PDF para

POSTAGENS MAIS VISITADAS

SEGUIR BLOG POR E-MAIL

DIVULGUE ESTE BLOG

BannerFans.com

VÍDEOS YOU TUBE, INCLUSIVE TEOLÓGICOS

Loading...

POR QUE DEUS DECRETOU O MAL?

DEUS PAI COMO AGENTE DA SALVAÇÃO

DEUS FILHO E DEUS ESPÍRITO SANTO COMO AGENTE DA NOSSA SALVAÇÃO

MORTOS NÃO TEM LIVRE-ARBÍTRIO

A ESCRAVIDÃO DO ARBÍTRIO 1

A ESCRAVIDÃO DO ARBÍTRIO 2

A SOBERANIA X A RESPONSABILIDADE DO HOMEM

SOBERANIA DE DEUS

INERRÂNCIA DAS ESCRITURAS